Esqueci minha senha  Novo usuário  
E-mail: 
  Senha: 
   
Amostragem de folhas

Para a correta utilização das normas DRIS Soja Paraná, é importante que a amostra de folhas do talhão em análise seja compatível com aquelas utilizadas para a formação do banco de dados. Assim, a amostra deve corresponder ao mesmo tipo de folha, coletada na mesma fase de desenvolvimento das plantas de soja .

Um aspecto importante é a época de amostragem e a escolha do tecido a ser colhido. A época recomendada é quando 50 % das plantas do talhão estão no início do florescimento (fase de desenvolvimento R1), que ocorre com o aparecimento de uma flor aberta em qualquer nó da haste principal. Deve-se colher, por talhão, em torno de 35 folhas (os três folíolos) recém-maduras, sem pecíolo, que, de modo geral, correspondem à terceira ou quarta folha a partir do ápice da haste principal (Foto 1).

Foto 1. Terceira ou quarta folhas de soja, que podem ser colhidas para a análise de tecido, na fase de desenvolvimento R1 (início de florescimento).