A Embrapa Soja conta com uma rede de parcerias formada por instituições de pesquisa, de ensino, empresas privadas do setor produtivo e fundações de apoio à pesquisa. Essas parcerias ampliam e agilizam a capacidade de desenvolvimento, validação e transferência das tecnologias geradas, além estabelecer uma canal permanente de prospecção de demandas junto à sociedade.

A organização desse Sistema de Parcerias fortaleceu, principalmente, o Programa Nacional de Melhoramento Genético, que , partir da década de 90, passou a contar com o importante apoio de grupos organizados de produtores privados, ligados à indústria sementeira.

Com essas parcerias, a Embrapa Soja passou a contar com mais de 100 pontos de testes, estrategicamente distribuídos pelos principais ecossistemas produtores de soja do País, passando assim a avaliar um volume superior a 250 mil progênies e 50 mil linhagens avançadas de soja, a cada ano.

 

Principal